CCPL do Engenho Novo realizou roda de conversa com o tema “Tristeza ou Depressão”

Falar sobre saúde psicológica de forma acessível, simples e objetiva é fundamental para garantir a saúde da população e promover a conscientização



Por CCPLBarueri - Publicado em 18/02/2020

CCPL do Engenho Novo realizou roda de conversa com o tema “Tristeza ou Depressão”
Na quinta-feira (13), a equipe psicossocial do CCPL Engenho Novo promoveu uma roda de conversa com o tema “Tristeza ou Depressão”, onde discutiram assuntos relacionados à saúde mental e sentimentos. O objetivo foi debater e conscientizar os munícipes da relevância deste assunto nos dias de hoje.

A psicóloga Fabiana Zucoli e a assistente social Lilia de Vasconcelos foram as responsáveis por conduzir o bate-papo. Na ocasião, as profissionais falaram com clareza sobre a diferença entre tristeza e depressão e, aproveitaram o ensejo para destacar a importância dos cuidados com a saúde psicológica.

A tristeza e a depressão apresentam muitos pontos em comum, mas ao mesmo tempo são dois conceitos completamente diferentes. Enquanto a tristeza dura algumas horas ou até alguns dias, a depressão, sem o tratamento certo, pode durar meses ou anos.

As profissionais também explicaram que a tristeza é um sentimento normal e geralmente não afeta a produtividade da pessoa em suas atividades do dia-a-dia. Já a depressão, o sentimento ruim não passa e pode afetar vários aspectos da vida, como saúde, trabalho, relacionamentos, família e vida social. Em casos mais sérios, pessoas com depressão podem até pensar em suicídio.

Por isso, é fundamental entender e conseguir detectar os sinais da doença ainda em seu estágio inicial. Desse modo, é possível obter o diagnóstico correto para lidar melhor com a situação e buscar a ajuda e o tratamento necessários.

Os Centros de Capacitação Profissional e Lazer de Barueri têm se empenhado para dar apoio psicossocial aos munícipes. Por isso, as quatro unidades disponibilizam seus espaços e seus profissionais para orientar, encaminhar, esclarecer dúvidas e prestar apoio à população local.







OUTRAS NOTÍCIAS