O curso de violão oferecido no CCPL mostra como o aprendizado de um instrumento pode ser importante na vida de uma pessoa

Os benefícios envolvem ganhos de natureza cognitiva, social, motora indo até conhecimentos que a pessoa carregará para o resto de sua vida

Por CCPLBarueri - Publicado em 08/10/2019

Aprender a tocar um instrumento musical é uma atividade que muita gente tem vontade de fazer. Para muitas pessoas chega a ser um sonho, mas não passa disso. Falta tempo para começar e mais ainda para se dedicar estão entre as principais queixas. O que essas pessoas estão perdendo? Bom, além de muita diversão, elas estão deixando de desenvolver habilidades essenciais para a vida.

Tocar um instrumento desenvolve diversas áreas do cérebro, como a memória, a concentração e a coordenação motora. Tocar violão também gera possibilidades de interação social e aumenta a capacidade de relacionamento.

Uma das primeiras coisas que quem se propõe a aprender violão deve aprender é a correta posição do corpo ao segurar o instrumento. O aluno também passará a conhecer o que são cifras e quais são os seus símbolos; o que são notas e acordes. Verá como o conhecimento sobre as escalas, partes componentes do instrumento e a necessidade de afinação convergem para um domínio da técnica.

O curso de violão está disponível nas quatro unidades e pode ser iniciado a partir dos sete anos, tendo também uma grande procura por parte dos adultos. Mas para que a pessoa possa se desenvolver de forma satisfatória é necessário que ela tenha o hábito da persistência e dedicação, para que possa melhorar cada vez mais, sendo um aprendizado que a pessoa carregará para a vida.

O curso é ministrado pela professora Sara de Souza Carriel da Silva, na unidade Parque dos Camargos; já nas unidades Parque Imperial e Engenho Novo, o curso é ministrado pelo professor Célio Marques. Na unidade do Jardim Paraíso, o curso é ministrado pela professora Angélica.

Para mais informações acesse o site www.ccplbarueri.com.br ou entre em contato pelo Sistema de Atendimento ao Usuário – SAU no telefone (11) 4382-4683.












OUTRAS NOTÍCIAS