Setembro Amarelo: CCPLs de Barueri abraçam a causa da campanha de prevenção ao suicídio

A ação conta com o apoio e atuação da equipe psicossocial dos CCPLs, que oferece apoio, acolhimento e todo o respaldo necessário aos munícipes de Barueri



Por CCPLBarueri - Publicado em 08/09/2021

Setembro Amarelo: CCPLs de Barueri abraçam a causa da campanha de prevenção ao suicídio
O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio que vem ganhando uma visibilidade cada vez maior a cada ano. Cientes da importância de promover essa reflexão, os Centros de Capacitação Profissional e Lazer de Barueri abraçam essa causa com ações de acolhimento, conscientização e divulgação.

No Brasil, a campanha foi criada em 2015 pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), a fim de associar a cor ao mês marcado pelo ‘Dia Mundial de Prevenção do Suicídio’, celebrado oficialmente em 10 de setembro.
Anualmente, são registrados mais de 13 mil suicídios no Brasil e mais de 1 milhão no mundo, sendo a maioria dos casos entre os jovens. Essa triste realidade está relacionada à depressão, ao abuso de substâncias e aos transtornos mentais. Tudo isso, tem sido agravado durante este difícil período de isolamento social, imposto pela pandemia de covid-19.

Pensando nisso, os Centros de Capacitação Profissional e Lazer de Barueri – mantidos pela Prefeitura Municipal de Barueri, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social – SADS – oferecem acolhimento e apoio psicossocial aos munícipes de Barueri. Este trabalho é feito pela equipe psicossocial, formada por psicólogas e assistentes sociais que promovem ações de conscientização acerca dos sinais a serem observados e prestam orientações sobre como proceder com pessoas que estejam enfrentando esse tipo de dificuldade.

Se você conhece alguém que precise de apoio ou se você mesmo precisa dessa ajuda, entre em contato com a Equipe Psicossocial através do WhatsApp (11) 4382-4684 ou pelo e-mail psico@animainstituto.org.br. Se preferir, entre em contato com uma unidade do CVV (Centro de Valorização da Vida) através do número 188. Não é drama. Não é frescura. Não é falta de Deus. Não é para chamar a atenção. Todas as vidas importam. Falar é a melhor opção para buscar uma solução.






OUTRAS NOTÍCIAS